fbpx

Boldenona 200mg / 10ml – Pharma Plix

-11%

Boldenona 200mg / 10ml – Pharma Plix

R$ 140,00 R$ 125,00

Em até 12x de R$ 12,50 ou 7% de desconto à vista via PIX !

Produto 100% ORIGINAL

Boldelona é derivada da testosterona, geralmente não é relacionada ao hormônio. Por exemplo é uma droga pouco androgênica (fator determinante para características masculinizantes), portanto sendo atualmente também usada por mulheres. É utilizada junto com AES longos, como o cipionato (deposteron), que ajudam a Boldelona a ter um bom tempo de ação dentro do organismo.Também pode ser combinada com esteróides androgênicos como a nandrolona (deca), oximetolona, ou testosterona. Funciona em longo prazo. A função dela é fornecer ganhos fixos de qualidade e, com frequência, muito consistentes.

Consulte o prazo estimado e valor da entrega

Não sei meu CEP
  • Descrição

Descrição

Boldenona é uma droga, que deriva da testosterona e, normalmente é adicionada a ésters longos, tais quais o cipionato ou o mais comum deles, o undecilinato, o que determina uma longa meia-vida para a droga. Apresentando assim grandes propriedades anabólicas e, em contrapartida, poucas propriedades androgênicas (que determinam características masculinizantes), o que possibilita, inclusive, que seja utilizada por algumas mulheres. A boldenona, entretanto, não é uma droga que, quando utilizada sozinha, gera grandes e significativos ganhos, sendo necessária sua combinação e utilização em relativas doses altas. Não sendo um construtor de massa a curto período, tal qual o Dianabol ou até mesmo a testosterona, ela é uma droga que incrementa ganhos fixos, com qualidade e normalmente bastante solidificados. Alguns indícios de que a Boldenona possa aumentar a produção de células vermelhas são evidentes em alguns de seus usuários. Entretanto, apesar da conveniência de uma boa produção destes, deve-se ficar atento ao aumento excessivo que pode ser prejudicial. Além disso, a Boldenona é fortemente associada com o aumento SIGNIFICATIVO no apetite, sendo assim uma ótima pedida para ciclos de bulking e péssima para ciclos de cutting, onde há a necessidade da supressão relativa do apetite. A boldenona e suas diversas combinações Por não ser potencialmente expressiva, a boldenona necessita ser utilizada com outras drogas. Mas sua versatilidade e amplitude na possibilidade de resultados tanto em ciclos de ganho de massa muscular quando de definição corpórea, a faz uma droga bastante conveniente, seja qual for o objetivo. Normalmente combinada com esteroides mais androgênicos, como a Nandrolona (também, normalmente utilizada com ésters longos, o que deixa um ciclo ainda mais sinérgico com a boldenona), ou outras várias combinações tais quais a Oximetolona, a testosterona e, em alguns casos com a própria Metandrostenolona (Dianabol), apesar da toxicidade. E isso, estamos nos referindo somente a ciclos de ganho de massa muscular. Como dito, agindo sinergicamente com outras várias drogas, sua possibilidade de combinação com drogas como a Trenbolona, o Stanozolol ou até o Halotestin, a tornam interessante para ciclos de definição muscular, trazendo assim ganhos com baixíssima retenção hídrica e sempre consistentes. As dosagens de Boldenona Normalmente, por ser utilizada com ésters longos, a Boldenona não necessita de frequentes aplicações. Comumente utilizada não em doses menores do que 250mg por semana por homens e 25mg a 75mg por mulheres, podendo esse ultrapassar a casa dos 1000mg na semana, ela pode ser aplicada uma vez na a cada 7 dias ou, para alguns mais tendenciosos, uma vez a cada três dias. Normalmente, os produtos não manipulados de Boldenona possuem uma dosagem relativamente baixa, variando essa de 25-75mg/ml, fazendo com que, a cada aplicação sejam necessários vários mls, o que, justifica em alguns casos, sua aplicação mais de uma vez a cada 7 dias. Apesar de não ser considerado um esteroide dolorido na aplicação, tal qual a testosterona em suspensão ou até mesmo o Stanozolol, em alguns casos, os locais de aplicação normalmente são alterados a fim de evitar quaisquer tipos de infecções, irritações ou calombos. Já as versões manipuladas e muito mais preferidas entre os usuários, apresentam concentrações que variam de 50mg a 300mg. No caso de prevenções, TPC e outros agentes, normalmente, os possíveis de combinação são antiestrogênicos e antiaromatases. Além disso, o uso de HCG e Clomid só se fazem necessários em ciclos bastante longos e, principalmente combinados com outras drogas que destes necessitem.