fbpx

Tesbolic ( Testosterona Base ) 100mg / 10ml – Cooper Pharma

Tesbolic ( Testosterona Base ) 100mg / 10ml – Cooper Pharma

R$ 270,00

Em até 12x de R$ 27,00 ou 7% de desconto à vista via PIX !

Produto 100% ORIGINAL

A testosterona é um dos hormônios mais importantes do corpo humano, e sua deficiência pode causar desde perda de massa muscular até uma diminuição da libido e alterações de humor.

Conhecida como o “hormônio masculino”, a testosterona atinge seu ápice no organismo por volta dos 18-20 anos, período em que se encerra a puberdade e o crescimento ósseo.

Como a partir dos 40 anos a produção do hormônio entra em acentuado declínio, muitos homens podem se beneficiar da reposição com testosterona bioidêntica.

Disponibilidade: Fora de estoque REF: 0043 Categorias: , , , , Tags: , ,
  • Descrição

Descrição

A testosterona é um hormônio produzido pelos testículos nos homens e pelos ovários nas mulheres, e sua concentração no corpo masculino é cerca de 30 vezes maior do que aquela encontrada nas mulheres.
Ao contrário da testosterona natural, o hormônio bioidêntico é sintetizado em laboratório, mas sua estrutura química é praticamente idêntica àquela da testosterona endógena.
Isso porque a síntese da testosterona bioidêntica é feita mediante a análise do sangue do próprio paciente, de maneira que o hormônio resultante é reconhecido pelo corpo como a testosterona natural (embora o hormônio seja sintético).
Segundo profissionais da área médica que prescrevem o hormônio, a testosterona bioidêntica tem a vantagem de ser produzida sob medida e apresentar menos efeitos colaterais que o hormônio sintético tradicional.
Os hormônios são substâncias químicas que servem para transferir instruções e informações entre as muitas células do nosso corpo. A testosterona é um destes “mensageiros químicos” que trafegam pelo nosso sangue e ajudam a regular uma série de processos metabólicos.
Para que funcione corretamente, a testosterona deve ser reconhecida por uma proteína especializada nas células-alvo, também conhecida como receptor (imagine a proteína como uma fechadura e a testosterona como uma chave).
Quando a ligação é feita com sucesso uma série de mecanismos são acionados dentro da célula, resultando nos efeitos esperados pela ação do hormônio. Já no caso de serem utilizadas substâncias químicas com estruturas moleculares diferentes, a ligação fica prejudicada e as substâncias podem não produzir os resultados desejados.
Este é exatamente o que ocorre com o uso de testosterona bioidêntica: como possui a mesma estrutura química do hormônio produzido nos testículos, a substância tem atuação mais natural e eficiente no corpo.